Bônus Natalino do funcionalismo independentino pode ficar mais “gordo” este ano


abono-bolsa-familia2

Mantendo uma tradição que beneficia e incentiva não apenas os funcionários públicos municipais de Nova Independência, mas também o comércio local, a prefeita Thauana Duarte (PSDB) já encaminhou à Câmara de Vereadores do município o Projeto de Lei nº 47/18 – que autoriza a Administração a conceder um “Bônus Natalino” de R$ 400,00 a todos os servidores.

O presente de final de ano é concedido a todos os funcionários, independente de seu vínculo empregatício, ou seja, sendo ele concursado ou comissionado, tanto faz, todos recebem.

A medida tem o total apoio da população, que reconhece os esforços do Governo de Thauana em diminuir as perdas salariais do funcionalismo ao longo do ano, injetando nova fonte de renda que o comércio absorve com grande satisfação.

Para proporcionar este benefício aos seus colabores, a equipe de Governo de Thauana executa cuidadosamente o Orçamento Municipal visando guardar recursos para viabilizar esta proposta sem comprometer qualquer outro serviço prestado aos cidadãos. “Não é necessário ‘apertar o cinto’ ou economizar em outras necessidades diárias. O segredo deste benefício pago integralmente com recursos próprios, é o bom gerenciamento do dinheiro público, com transparência e eficiência, como determina a Constituição”, explica Thauana.

 

INCREMENTO – Se a proposta criada pela Prefeitura já torna as festas de final de ano mais fartas em Nova Independência, a coisa pode ficar ainda melhor neste ano. Tudo depende de Thauana aceitar uma sugestão apresentada a ela ainda na semana passada pelo presidente da Câmara, vereador Osvaldo “Rubiácea” (PMDB), através da Indicação nº 007/18.

O parlamentar propôs à prefeita que utilize os R$ 56.007,00 que a Câmara devolverá aos cofres da Prefeitura neste mês para aumentar o quanto for possível o valor do “Bônus de Natal” pago aos servidores.

O dinheiro indicado por Rubiácea é fruto de uma indenização secundária feita à Câmara por uma seguradora em decorrência da perda total do veículo Chevrolet Cruze LTZ, que pertencia ao Poder Legislativo. Portanto, trata-se de recurso extraordinário que a Prefeitura não havia incluído em seu Orçamento anual.

A notícia, que ainda não se espalhou pela cidade, deve transformar-se em novo motivo de festa popular, caso seja acatada pela prefeita.

Próximo Vereadora pede iluminação de campo de futebol em Nova Independência
Anterior CDP de Nova Independência receberá presos a partir desta segunda

Nenhum comentário

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *