‘Meninos da Vila’, projeto leva esperança para crianças e adolescentes através do futebol


8f2bc96a-fc9b-46c6-a993-2ecb0824d099

Tirar as crianças da ociosidade e também ajudar aqueles que tentar um futuro profissional no futebol, essa é a missão do projeto ‘Meninos da Vila’, idealizado pelo pintor Wesley Pareja, popularmente conhecido como Nanico, que tem ao seu lado um grande parceiro, Luciano dos Santos, o Chumbin.

Nanico, contou que tudo começou quando ele foi levar seu filho e outras duas crianças para jogar pelo Atlético Paranaense, na cidade de Onda Verde, disputar o campeonato Bruno Santana, ali ele percebeu a dificuldade das crianças, “Muitos não tem condições, mas merecem uma oportunidade, foi assim que tive a ideia de realizar esse projeto” afirmou.

Com o projeto ativo, hoje, as crianças e adolescentes treinam no campinho municipal, e se prepararam para as diversas peneiras que estão agendadas para próximos meses, além da parte física ou alunos recebem instruções motivacionais para que possam ser pessoas ainda melhores “Nosso objetivo e deixar um legado de vida para essas crianças” Afirmou.

fedce5d0-4008-4262-b519-c11fe018ceb5

O projeto vive de doações por parte da população e também algumas empresas, “Recentemente a vereadora Juliana Duarte doou várias chuteiras, isso foi o pontapé inicial e dela pra cá recebemos outras doações, hoje estamos montando uma diretoria para que possamos ter maior credibilidade na captação de recursos e patrocínios” disse Nanico.

O projeto atende cerca de 60 crianças e adolescentes, entre 05 e 18 anos, totalmente gratuito. Segundo os idealizadores a maior necessidade do projeto no momento são os equipamentos estruturais, (bolas, coletes e chuteiras para as crianças), o projeto ainda batalha para confecção de um uniforme.

 

Para outras informações ou doações entrar em contato com Nanico – Fone Whats: 18 996650742.

Próximo Juliana pede cumprimento de lei que exige contratação de Psicólogos e Assistente Sociais
Anterior Nova Independência: Jovens são flagrados com entorpecentes